segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Foi muito bom rever Ivan Lins

Já estou na rádio depois de fazer um talk show com o grande Ivan Lins, no "Manoel & Juaquim" do Recreio dos Bandeirantes (Barra World).
Casa lotada, de início o Ivan não queria cantar mas , muito simpático, fomos conversando no microfone à respeito de sua vitoriosa e longa carreira.
Na verdade, percebi que Ivan não estava mesmo era a fim de tocar aquele teclado que estava lá.
Dei uma de "migué" e informei que mais da metade da casa queria ouvi-lo cantando Madalena.
A essa altura do campeonato, Ivan já estava muito feliz e confesso a vocês que foi a primeira vez que entrevistei um artista que comia bolinho de bacalhau enquanto falava, o tempo todo.
E, claro, bebia um choppinho.
Não deu outra: Ivan pediu uma caixa de fósforo à platéia e, na falta, se valeu de uma caixa vazia de cd para fazer a percussão e soltar a voz.
Foi um sucesso!
Depois de uma pergunta e outra, atacou de "Amor ao meu país", "Lembra de Mim", " Começar de Novo" e "Vitoriosa".
A platéia não cabia em si de tanta satisfação e foi difícil de parar os aplausos.
Ivan foi tão solicito que concordou em meter a mão da urna e sortear 12 cds entre os espectadores.
Assim foi o "Papo de primeira na segunda" que , segunda-feira que vem terá o Dudu Nobre.
Eu saí feliz, afinal, Ivan Lins é um dos maiores ícones da nossa MPB.
Logo ele que um dia se formou como Engenheiro Químico por insistência do seu pai que achava que música não dava futuro...
Mudou de opinião, por certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário