quarta-feira, 25 de maio de 2011

Para "se vender", religião denigre as outras...

Fui no enterro da D. Margarida, mamãe querida do Wagner Menezes.
Estávamos todos emoionados quando apareceu um senhor negro e de idade, dizendo-se ouvinte da Tupi e, bom e ingênuo, aproveitou para nos dar um prospecto da igreja evangélica dele com o título "Como conquistar a vida eterna"...
Aceitei até porque em sendo espírita kardecista, respeito todas as religiões.
Já em casa, fui ler o tal prospecto que terminava com a frase "aceite Jesus e deixe de lado todo o resto: a moralidade (?)cultos, missas, reencarnação etc".
Para mim, aceitar Jesus significa amar o próximo e respeitar as diferenças.
Para essa denominação religiosa que sequer é das maiores, não!
Lamento profundamente que uma religião que fala em nome de Jesus, para se vender, tenha a infeliz ideía de combater as demais práticas.
Isso só mostra o quanto estão afastados do que disse verdadeiramente disse Jesus...

Nenhum comentário:

Postar um comentário