quarta-feira, 29 de julho de 2009

SEMPRE GOSTEI DOS LIVROS...

Confesso um verdadeiro fascínio por aqueles livros que contam histórias (romances) ou biografias, poesias, pelos livros espíritas, de comportamento humano, os budistas e similares e, eventualmente, um ou outro do que quer que seja, inclusive alguns de autoajuda.
É sobre estes que quero falar.
Há uma diferença em você ser um ser pensante que, às vezes, um ou outro possa lhe chamar de intelectual e aqueles que se têm como "intelectuais" e, por isso mesmo, torcem o nariz para os chamados livros de autoajuda, até porque tem muita coisa ruim mesmo.
Tem.
Mas não são todos.
O bom leitor é aquele que pesquisa e não pode ter (ou pelo menos não deveria ter) preconceito contra esse ou aquele gênero.
Como diz um jornalista amigo meu, mesmo nos piores livros você vai encontrar uma ou outra frase que valha a pena a compra do mesmo...
Assim sendo, todos devem ser lidos, pesquisados e repensados.
A atitude radical de "não li e não gostei", ainda que seja por gênero, diminui a expansão dos conhecimentos que poderiam ser adquiridos pelo leitor.
Isso não quer dizer que você tenha de sair por aí lendo até bula de remédio...
Mas, aponta para o não preconceito.
Tem gente que só aceita livros consagrados e principalmente se for de autor estrangeiro, renomado e... morto.
Assim sendo, tome de Teillard de Chardin; Feline; Simone de Beauvoir e, claro, Jean-Paul Sartre, etc.
Tudo bem, eles têm seu valor ainda que depois de mortos...mas, são chics!!!
Quando adolescente, adorava um livro desses para desfilar; carregando-os de forma que os outros vissem quem eu estava lendo...rsrsrs
Coisa que dá e passa!
Não pra todos.
Hoje, tem muito adulto por aí, se comportando assim: Só usam roupa de marca; só vão ao cinema se for "cult" e só lêm livros " estranjas"...livro brasileiro, quem sabe um "Budapeste" do Chico Buarque?! E olha lá...
Aliás, tá explicado por que a Glória Perez virou embaixadora da Índia na sua última novela: Alguns brasileiros adoram dizer que a terra do outro é melhor! Os livros também!
Sinceramente, estão precisando de uma autoajudazinha...

Um comentário:

  1. Fernando
    Tbm adoro ler. E sou bem eclética, temos q ser, pq senão ficamos bitolados a achando q sabemos tudo....e na verdade não sabemos nada....rs
    Beijão!!!

    ResponderExcluir