terça-feira, 6 de outubro de 2009

Fernando Montenegro atribui sua indicação ao Oscar como "fenômeno isolado"...

Dez anos se passaram desde que Fernanda Montenegro foi a primeira latino-americana a concorrer ao Oscar de Melhor Atriz e, mesmo assim, hoje ela diz que não se considera como uma pioneira, mas que "se trata apenas de fenômenos isolados".Em entrevista à Agência Efe em Curitiba durante o Festival do Paraná de Cinema Brasileiro e Latino, Fernanda falou que ainda lembra aquele momento com certa nostalgia, apesar de Gwyneth Paltrow ter levado o prêmio.
"Foi um momento muito lindo, mas não existe obrigação para que o fenômeno se repita. Além disso, não teria nem tempo para viver isso de novo", diz a atriz, a dez dias de completar 80 anos.
Por sua atuação como Dora em "Central do Brasil" (1998), Fernanda recebeu, além da indicação ao Oscar, o Urso de Prata do Festival de Berlim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário