sábado, 8 de outubro de 2011

Os fanáticos, de qualquer religião, esperam que eles sejam proprietários da razão e por isso mesmo criticam a todos os demais e esperam que o "deus vingador" jogue todos os demais, que não pensam como eles, no fogo do inferno.
Não percebem que eles mesmos têm falhas e que nem sabem bem no que acreditam e dizem.
Não!
Tomam "posse" de Deus e dizem assim "O meu Deus...o nosso Deus" e se julgam "s...alvos" e, mergulhados na própria soberba, não percebendo a própria ingenuidade.
Voltam aos tempos do velho testamento bíblico que mostra um deus assim mesmo, com letra minuscula, vingador, autoritário e passional, ou seja, com todas as fraquezas e paixões humanas.
O espiritualista, religioso ou não, percebe que se Deus é Deus, necessáriamente tem de ser misericordioso e paciente, afinal Ele é Deus, sabe tudo e nós, seus filhos, sabemos muito pouco mas...estamos aprendendo.
Percebe que Aquele que nos criou tem de ser sábio o bastante para nos dar o tempo necessário para que compreendamos o caminho que Jesus nos ensinou "Eu sou o caminho, a verdade e a vida...".
Mas também percebem que tão importante como Jesus é o caminho que Ele nos ensinou, magnificamente exposto na frase síntese de tudo " Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei".
Percebem que essa frase revogou todas as vinganças do velho testamento( Testamento este cada vez mais velho e obsoleto)...e nos aponta o único futuro de paz possível: o do fim da intolerância religiosa e do que mais for.
Ao descobrir-se espiritualista, percebe-se pequenino e, ainda assim , por ajuda Divina, descobre que Deus está em nós e que o verdadeiro caminho é o da transformação pessoal em busca da felicidade do outro.
Não mais discute religião, porque inutil, mas aceita aos demais como são e pede ao Deus todo poderoso que nos dê o bem da compreensão, da fraternidade verdadeira que não odeia, não faz guerras e, por consequência, não mata nem traz sofrimentos nem compactua com a corrupção....
Respeita a todos em suas crenças e descrenças, na certeza de que cada um está num degrau da imensa escada do aprendizado infinito...

Fernando Sérgio.

3 comentários:

  1. amei envie para o meu e-mail nani_23venancio@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Os conflitos entre as religiões está no erro de achar que é a voz da verdade, concordo com você plenamente. abraços desse seguidor que tanto lhe admira.

    ResponderExcluir
  3. Minha filha por exemplo: se tornou evangelica, ela tem apenas 22anos, e deu pra andar igual uma idosa, acha que tudo é coisa do demonio, so escuta musica e radio evangelica e vive enfiada na igreja. Fico mto triste porque até a mim ela discrimina . Tem muito o que aprender...sinto que ela esta regredindo!

    ResponderExcluir