domingo, 19 de fevereiro de 2012

Seria absurdo se um cara que sai da miséria e chega a presidente da república, passando antes por senador, não tivesse amealhado algum dinheiro e algumas posses.É o caso do Lula, mas maledicentes existem aos montes. Fala-se do Lula como se fala do Roberto Jeferson, do Sarney, do prefeito de São Paulo, enfim, fala-se até do síndico, não importa de onde. A verdade é que corruptos existem e sempre existiram em todo os partidos, só que o partido no poder é fácil de virar vidraça. Fala-se de roubalheira no país e quem mais fala, geralmente é da industria ou do comércio, justamente aqueles que sonegam impostos todo o dia nos grandes shoppings, vendendo seu serviços sem a respectiva nota fiscal.E todos nós erramos quando não a exigimos1 Uma coisa é aquele que não gosta do Lula e muito menos do PT, porque não gosta mesmo e tem o direito de manifestar a sua opinião. Outra é aquele que não gosta porque durante o governo dos trabalhadores, foram retirados os seus privilégios e, por isso mesmo, desenvolve uma campanha pra voltar ao poder, frequentemente apresentando denúncias não provadas e intencionalmente, todas vindo de São Paulo!Aí, os ingênuos e insatisfeitos com suas próprias vidas," embarcam " nessas falas.É verdade que ainda temos muitos problemas como a saúde, o excesso de impostos e até mesmo na defasagem das aposentadorias. Outro dia um amigo citava " Na Noruega não é assim...". Ora, amigos, a Noruega é um país de três milhões de habitantes , além de caber dentro do estado de São Paulo! Nós somos um país de dimensões continentais e ainda lutando para expurgar os corruptos da política, aliás os corruptos de todos os partidos, até mesmo do PT, afinal, ninguém possui "Corruoto" escirto na testa! Na verdade, de Itamar Franco para cá, ouve um grande avanço no país e ainda falta muito para chegarmos a uma situação de primeiro mundo. Mas não chegaremos a ela com acusações falsas e discriminação. Acreditar que um partido da importância do PT seja formado por incultos e idiotas é , sem dúvida, além de ofensivo, algo que nem de longe se aproxima da verdade! Aliás, por falar em discriminação: ninguém pode ser discriminado: Nem o Lula, que não tem diploma e nem aqueles que possuem diploma. Aliás, como diz o dito popular "Diploma não diminui a orelha de ninguém". Ou, como disse o grande Voltaire " Posso não concordar cum uma só palavra do que você diz, mas defendo até a morte o direito de dizê-las". Todavia, que tais palavras sejam ditas com respeito e responsabilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário