sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Segundo denúncia do jornal "O Dia",criadas para oferecer remédios por R$ 1, as farmácias populares do governo estadual viraram dor de cabeça para deficientes e idosos. Diversos medicamentos estão em falta e as fraldas geriátricas se tornaram artigos de luxo. Enquanto isso, a população gasta até 20 vezes mais nos produtos em drogarias comuns. A ‘Blitz do DIA’ percorreu cinco unidades no Rio e na Baixada e constatou problemas em todas. A única em que havia fraldas tinha só de um tamanho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário