quarta-feira, 7 de julho de 2010

O mau exemplo do Bruno do Flamengo

O cerco se aperta e mesmo sem o cadáver, o delegado de Minas responsável pelo caso do goleiro Bruno do Flamengo, disse em entrevista ao Datena, na TV Bandeirantes, que numa classificação de um a dez; o comprometimento de Bruno com o assassinato de sua amante, após as investigações, alcança já a nota sete!
Bruno e seu amigo Macarrão se entregaram à policia do RJ nesta quarta-feira, eles que estavam foragidos.
O menor que denunciou o crime será acareado com os dois e, muito provávelmente, Bruno e o amigo serão transferidos para Minas, já que o Ministério público pediu a prisão dos dois sob acusação de homicídio culposo.
Um mau exemplo de quem era o ídolo de muitos e prova não ter sabido honrar as tradições de um clube tão importante como o Flamengo.
Uma lástima e, tudo leva a crer, um crime hediondo.

2 comentários:

  1. Você tem razão. Esses jogadores são todos uns "cabeças fracas"...

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo programa da Tupi, Fernando Sérgio. É dez...

    ResponderExcluir