sexta-feira, 2 de julho de 2010

É triste, mas perder faz parte do jogo...

Fala sério: Circula pela internet um texto irresponsável,informando que o Brasil teria se vendido na Copa da França(98),com cada um dos componentes da seleçãorecebendo 600 mil dólares e ficando combinado,desde aquela época, que quais seriam os campeões das Copas seguintes; até dando a Argentina como a campeã de 2010.
O curioso é que tal calúnia difamante foi bem escrita, aliás, como acontece em todas as calúnias que nós, formadores de opinião ou não, recebemos pela internet.
Até falei com uma amiga que elogiou a escrita " Infelizmente, o "diabo" ( leia-se espírito ignorante, mas letrado) também escreve bem...
Quem lida com o esporte como nós, jornalistas e radialistas, ou qualquer pessoa bem informada, sabe que isso jamais existiu e que tal bobagem, além de ser uma ignomínia, além de denegrir com os jogadores e técnicos do grande futebol que o Brasilpossui ; mostra um orgulho absurdo, ou seja: O Brasil teria tanto futebol, que teria de ser comprado para perder uma ou mais Copas...
E o que pior: 600 mil dólares para jogadores desse nível, representam muito pouco!
A seleção do Brasil tem jogadores que ganham mais de Um Milhão de Dólares por mês , o que vale dizer que se torna absurda essa possibilidade, escrita por esse mau caráter.
Aprendamos, de uma vez por todas, que perdemos para a Holanda porque, notadamente no segundo tempo, a Holanda foi melhor.
Ponto final.
Quem não aprende com a derrota, jamais poderá se modificar para ser vencedor um dia!
O Brasil não tem, pelo menos no momento, o melhor futebol do mundo...
Eu, por exemplo, vou torcer pelos seleções sul-americanas.
E ficar na esperança de que a seleção se renove para 2014 e que então possamos chegar ao tão ansiado Hexa!
A gente tem de aprender que as derrotas, tal qual as vitórias, fazem parte da vida.

2 comentários:

  1. vamos esperar para ver..se a argentina levar a de 2010 e a alemanha a de 2014... então a FIFA e a Nike perderão pontos.

    ResponderExcluir
  2. Nem ambas ganhando, torna-se verdade essa bobagem.

    ResponderExcluir