segunda-feira, 31 de maio de 2010

Até quando, meu Deus?!!!

O embaixador de Israel na ONU, Daniel Carmon, disse nesta segunda-feira (31) no Conselho de Segurança que "não há crise humanitária em Gaza" e acusou a frota de ativistas que tentou entregar alimentos aos palestinos de ter outros objetivos.As seis embarcações com ajuda humanitária seguiam ao território palestino da faixa de Gaza, que sofre embargo por parte de Israel. Ativistas que presenciaram a invasão contaram que os soldados saltaram no barco e começaram a atirar. Vários membros do Conselho de Segurança, como o Brasil, pediram o fim do embargo e criticaram fortemente o ataque de Israel, que ocorreu fora de sua jurisdição, ferindo o direito internacional. Um absurdo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário